Google Translate

O grandioso senhor do meu desejar

terça-feira, 17 de maio de 2016.
Eu te desejo totalmente desnudo diante dos meus olhos fascinados, sou tua mulher, tua fêmea voraz, devorar-te por inteiro é o meu prazer absoluto.  Em nossos festins pagãos é do vinho da tua virilidade que eu me delicio em provar.

Tenho sede de ti, meu homem forjado no fogo de uma macheza infinda, teus músculos e o teu cheiro me provocam de tal forma que sou levada a loucura. Então, me molho completamente em minha intimidade, sim, do meio das minhas coxas é revelada uma cachoeira que mostra os meus quereres por este macho delicioso que tu és.

Deixo-me desnudar pelas tuas mãos grandes, é deliciante para a minha alma feminina ver peça por peça do meu vestuário ser jogadas ao chão.  Arrepio-me ao sentir as mordiscadas que a tua boca concede a pele exposta das minhas costas, me é impossível não soltar gemidos de um prazer de natureza selvagem quando isto ocorre.

Transpiro pelos meus poros abertos uma alegria que apenas uma mulher satisfeita sensualmente pode transpirar, sou todo suor, sereia pingando libidinosidade para todos os lados.

Grito aos céus sentindo o toque mágico de tua língua percorrendo o meu corpo; secando-o destas águas salgadas que dele jorram, impulsionadas pelo puro deleite que somente tu me fazes sentir.

Os ponteiros do relógio de parede do nosso quarto parecem correr sob a velocidade da luz, quando me entrego deste jeito a ti; o grandioso senhor do meu desejar incontrolável. 

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory