Google Translate

Uma ninfa de mulher

quarta-feira, 22 de junho de 2016.
Eis que invoco a tua presença, ela que está revestida de tua beleza élfica.  Meus olhos desejam ver-te novamente para poderem se encantar com tua sedução e com está luz mágica que é a tua pura feminilidade a iluminar-te.

Tu és mulher da terra, aquela que possui em tuas mãos de fada os segredos das ervas, das poções e dos encantamentos.  Os quatro elementos da natureza obedecem à autoridade máxima de tua voz feminina.  Em tua tribo não existe mulheres que abaixem a sua orgulhosa cabeça diante os escabelos dos pés do patriarcado.  

Em teu seio está erigido o templo sagrado onde habitam no esplendor da sua glória as antigas deusas que um dia reinaram sobre este nosso orbe terrestre! O teu canto é de sereia, belo, misterioso e encantado, os homens que a ouvem por ti ficam fascinados.

Em ti está a graça e o poder, pois, sob o teu olhar acalmam-se todas as tempestades. O teu feminino é sagrado e é dele que me vem os raios de luz, que santificam a minha alma e transformam os meus momentos de trevas em momentos da mais pura iluminação espiritual.

Amo-te através da força do meu coração inflamado, sendo assim, vivo em autênticos incêndios de paixão exacerbada por ti.  Ao teu lado caminha uma procissão de ninfas belíssimas e que possuem a alma de verdadeiras poetisas e musicistas pagãs, nelas o SAGRADO é manifesto em seu estado mais deslumbrante.

Quando os teus lábios tocam os meus e os teus braços macios me abraçam, sinto-me arrebatado em corpo e alma por uma carruagem de fogo onde estou sendo levado na direção das nuvens, experimentando desta forma, um estado de êxtase tão doce em si, que tomado por tanta delícia quase me liquefaço perante os teus benditíssimos pés.

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS


Mais uma singela homenagem a figura sagrada da mulher, feita por este poeta angélico que há nove anos já, insiste em continuar vos escrevendo!

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory