Google Translate

Amanda

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017.
Tu és beleza puríssima, formatada em um corpo de carne; Cleópatra, mesmo estando no auge do seu esplendor, te invejaria; impérios com certeza se curvariam diante de ti, se te conhecessem, e estes te adorariam como uma nova Vênus, uma deusa do amor irresistível.

Mas, tu, somente és um belo rosto ou um corpo formoso? Logicamente que não és só corpo, pois, em ti reside a alma de uma amazona, sim, de uma mulher independente, de uma fêmea que não curva a sua cerviz para o senhorio de homem algum. O teu espírito é de uma guerreira valente, sempre pronta a combater as forças do mal, estejam onde elas estiverem.

Em tua carne trazes as tuas cicatrizes, verdadeiros emblemas da dor, no entanto, as trazes com dignidade, porque também são sinais visíveis das tuas vitórias sobre cada um dos teus sofrimentos! Hoje, tu carregas em tua opulenta cabeça o diadema do triunfo de cada batalha da vida que conquistaste; agora, eis que os deuses sagrados exultantes te celebram!!!

Sempre foste filha da Deusa-branca, afinal, és uma poeta dona de uma poesia belíssima, tuas linhas sempre comoveram aqueles que trafegaram por elas. Do alto do firmamento, salpicado de estrelas, Selene, a Deusa-Mãe Lua, sempre te inspirou a escrever sobre os mistérios da alma humana!

Teus olhos de menina sempre olharam com muito amor para os animais; tenho consciência de que as tuas asas de anjo sempre se abriram, abrigando-os debaixo delas, com o intuito de protegê-los daqueles que são maus por natureza.

És a linda moça que portas contigo um “dedo verde”, afinal, não há planta ou vegetal que não cresça vividamente ao teu mágico toque, os passarinhos alegres nunca cansam de todos os dias virem de todas as partes visitarem o teu belo jardim!

E tua mãe, aquela que tens como a tua melhor amiga, ah, esta te considera como o seu tesouro mais precioso; disto, nem eu, tampouco os anjos, temos dúvida alguma.

     Às vezes, fico a pensar se, em algum momento, tenho lugar na mansão reluzente das tuas meigas lembranças!!!

      
De manhã, à tarde e a noite, os antigos e sacros orixás não cansam de te abençoar profundamente, porquanto, de todas as suas filhas, tu és a mais amada. Lembra-te quando nós dois estávamos na África e fomos arrebatados pelo som dos seus tambores divinos???

     Se a plena felicidade tivesse um nome, sabes minha flor, acho que ela se chamaria AMANDA!!!

-ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

Dedico esta poesia para ti, senhora dos meus sonhos mais sublimes! 

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory