Google Translate

Histórias frustradas de amor

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017.
Conte-me tuas histórias frustradas de amor, aquelas que fizeram o teu coração partir-se ao meio, levando-o a sangrar por dias e meses contínuos.  Meus olhos desejam ver em qual canto da tua alma, guardastes as lágrimas, que copiosamente derramastes naqueles tristes períodos.

Não me esconda nada, baby, aqui neste confessionário de luz coisa alguma pode ser escondido, então apenas vou te pedir que confies firmemente em mim!

Eu também tive meus machucados, e, é por isto que carrego comigo estas impressionantes cicatrizes, não tenha dúvidas, portanto, disto, de que como tu, sou outro filho da dor!

Mostre-me a face dos teus demônios mais hediondos, garanto-te que te ajudarei a exorcizá-los, tenho tatuado em minha língua, as palavras sagradas que os colocarão em alucinada fuga!

Há milênios atrás, eu olhava para o breu do infinito, quando pude contemplar a Deusa-Mãe criar com sua dança mágica, tanto o sol, quanto a lua, e depois, definitivamente separá-los, para que cada um deles brilhasse, refulgindo a sua respectiva luz, dentro do período de tempo estabelecido por sua divinal sabedoria!

Sendo assim garota, eu tenho a imortalidade dos deuses, acredite-me, assisti através dos séculos, reis subirem em seus tronos e depois, os vi descer deles, para terem as suas reais cabeças decapitadas pelas mãos dos filhos da revolução!

Então, seria lógico, que a sabedoria esteja com alguém como eu, que fui testemunha de tantas coisas passadas dentro do seio da humanidade! Tu não acharás em nenhum lugar, melhor amigo e confidente para aconselhar-te, do que este que agora te fala!

Vomite tuas tentativas sem sucesso de suicídio, deitando-as ao chão, e, agora venha comigo até o meu apartamento, sabe, eu moro há dez passos do paraíso.  Vou te contar um pequeno segredo: toda poesia escrita sem amor ou dor, já nasce morta!

 - ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS

Comentários:

TEXTOS E CRÔNICAS DO ANJO DAS LETRAS. © Copyright 2007 - 2017 | Design By Gothic Darkness | Editado por Lizza Bathory