Google Translate

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Tua boca de sublimes delícias

Tua boca é tudo que eu desejo, em beijos lascivos, com gosto de êxtase, sim, o mais autêntico êxtase! Teus lábios, umedecidos juntos aos meus, me transmitem um prazer subversivo, uma verdadeira tempestade de emoções.

Tua boca vermelha, de fera selvagem e fêmea atraente, me devoram em mordiscadas que arrepiam a minha pele e fazem meu sangue ferver, vulcanicamente. Tua língua, em excitação de papilas, desavergonhada, lambe-me todo o corpo, me convidando a dançar nos bosques do prazer absoluto.

Tua boca me é um convite a visitar os palácios do regozijo sensual, onde descubro fontes de alegrias inenarráveis. Ao toque da tua boca, há um chamamento tal, que atrai à terra todas as magias estelares do universo.

Tua boca não é qualquer boca, pois, pertence à mulher que eu desejo com cada fibra do meu ser, aquela que é a SENHORA absoluta de meus corpo e alma, e que é a única capaz de me tornar um homem mais pleno. Apenas tu, oh amada, consegues realizar de forma satisfatória todas as minhas fantasias.

Tu és o meu segredo mais bonito, minha esfinge de doces enigmas, que, com sua boca exuberantemente deliciosa, me amolece a curiosidade e faz demorar um pouco mais o desejo de decifrar-te.

Que tua boca sempre me abençoe, passeando em cada curva e contorno da minha estrutura corporal, que, na linguagem do tremor sensual, confessa que apenas a ti se submete!

- ELTON SIPIÃO O ANJO DAS LETRAS.


Revisão textual e análise crítica de Natanael de Alencar. 

Um comentário:

Iliely Suzana disse...

Eu vou derramar nos teus textos o resto da minha alegria.